Curiosidades / História da Cueca
O exemplo mais antigo da roupa íntima masculina data das era dos homens das cavernas. São descritas por estudiosos com um longo pedaço de linho moldado como um triângulo com tiras nas pontas. Eram amarrados ao redor dos quadris e laçados por entre as pernas; depois, com as tiras, eram amarrados novamente nos quadris. No século XII , com o desenvolvimento das armaduras de platina, as faixas de linho que eram usadas como proteção contra o metal áspero começaram a ser usadas pelos cavaleiros. Desde então, estes tecidos são considerados os reais antecedentes da roupa íntima masculina.

Mais tarde, as cuecas, freqüentemente amarradas abaixo dos joelhos com fitas ou alfinetes, encurtaram e foram costuradas. As roupas masculinas do século XVI eram tão brilhantes e coloridas quanto as femininas. Eram feitas de seda, tafetá e outros tecidos nobres, enquanto as roupas íntimas eram feitas de linho, pois era o único tecido lavável.

Na década de 1830, as roupas íntimas masculinas feitas de flanela e algodão se tornaram comuns e muito usadas. Em 1895, o catálogo das lojas Montegomery Ward ofereciam roupas íntimas masculinas feitas de algodão e flanela, mas divididas em duas peças, nas cores cinza e o bem popular vermelho. Após a Revolução Francesa , a aristocracia inglesa tornou-se o modelo da moda masculina. O que usavam eram roupas confortáveis e casuais. Com exceção de ocasiões formais, os calções deram lugar às calças mais justas, acompanhadas de botas. Através dos séculos, alguns homens, principalmente os militares, usavam roupas íntimas parecidas com os corpetes que diziam facilitar a vida em tempos de guerra. Em 1908 as lojas Sears lançaram catálogos oferecendo corseletes masculinos para militares. Os "shortes íntimos" foram as novidades que chegaram com o século XX. As cuecas passaram a ser fabricadas com tecidos e elásticos e se tornaram mais confortáveis. Não podemos deixar de mencionar o grande estilista dos tempos modernos, Calvin Klein, cujas propagandas provocantes levaram a moda íntima masculina ao auge no início dos anos 80. Ao contrário da roupa íntima feminina, que tem um aspecto mais sexy, o princípio da roupa íntima masculina é o conforto e a simplicidade, motivo pelo qual os shorts chamados "samba-canção" se tornaram muito comuns nos anos 80. Nos anos 90 a lingerie dos machos evoluiu e não está pautada só no slip (modelo tradicional), aceitou o calção de malha e todas as formas de produtos derivadas do esporte, como os modelos ciclista, boxer e shortes. As novidades são as fibras e microfibras que compõem uma lingerie de corte bem estudado e com costuras invisíveis para não machucar. Para o dia-a-dia, as lingeries são 100% de algodão.


Copyright © 2007 - Todos os direitos reservados
By - Mateus R Z . rolex replica uk rolex replica sale replica watches uk
Hospedagem e Tecnologia: WebPost Internet Services